Tão bom falar de mulheres que estão fazendo sucesso em diferentes áreas, não é? Daí que uma de minhas autoras favoritas da atualidade é uma dessas, empoderada, assim como suas personagens.

Foi ao caçar algo novo para ler que me deparei, há mais de um ano, com o título “Garota Exemplar”. O nome, em si, já me chamou a atenção. E, após ler o resumo, já sabia que encontraria pela frente um thriller psicológico no mínimo interessante.

gillian-flynn-personagens-1

O tempo passou (e na época, eu devorei a publicação em três dias), “Garota Exemplar” já virou filme, mas meu amor por Gillian Flynn só cresce. Depois de GE, que pasmem, vendeu sete milhões de cópias pelo mundo, já me rendi também a “Objetos Cortantes” – meu favorito, aliás – e “Lugares Escuros”, obras anteriores de Gillian e que merecem sua atenção. O último, inclusive, também já virou filme e tem no papel principal Charlize Theron, que interpreta uma mulher solitária e sobrevivente ao massacre de sua família.

Mas o que as personagens, Gillian e nós podemos ter em comum? Todas, em diferentes histórias, são mulheres reais. Não espere por passividade: elas são intensas, cheias de camadas, irônicas e cultivam mágoas, assim como todas nós em algum momento de nossas vidas.

É só pensar em Amy, a protagonista de GE [cuidado, as linhas a seguir podem conter spoilers], e em como nossa relação com a personagem é ambígua. Você vai conhecendo-a através de seu cônjuge Nick, da relação estranha com seus pais, das páginas de seu diário… E mesmo com tanta revelação sobre suas atitudes ao longo das páginas, é impossível não torcer por ela ou pelo menos não entender o “porquê” de seus erros.

Sim, eu gosto de ler no iPad 😉

Já a jornalista Camille Preaker, de “Objetos Cortantes”, acredito ser a mais profunda e real das mulheres de Flynn. Quem aí tem ou já teve problemas com a família? E é a maneira como a autora consegue que entremos na mente da personagem que nos conquista. Camille deu vazão ao meu lado mais sombrio. Aquele que não mostro para quase ninguém e que, muitas vezes, tento esconder de mim mesma. Entrar em contato com nossa negatividade (escolhi chamar assim), em minha opinião, é muito positivo. Acho humanizador, afinal, trata-se de uma das grandes características que nos une. Não tenho dúvidas de que Louisa Clark (de “Como eu era antes de você”, de Jojo Meyers) é fofa… mas e o que mais?

gillian-flynn-personagens-2

A notícia boa – para as atuais e futuras fãs de Gillian Flynn – é que “Objetos Cortantes” vai virar série em breve graças à HBO e contará com Amy Adams no papel da protagonista. Além disso, acaba de ser lançado o mais novo livro de Gillian, “O Adulto” , encomendado por ninguém menos do George R. R. Martin, o criador de “Game of Thrones”.

Alguma dúvida de que já está na minha cabeceira?

Fotos: FSq e reprodução

Facebook